domingo, 21 de outubro de 2007

'encosta-te a mim'

[depois de uma noite de insónia... logo pela manhã não resisti a voltar a este meu cantinho... não tenho nada para escrever de novo... as palavras que deixei aqui ontem ainda ressoam dentro de mim... e tudo o que sinto está meio confuso... e eu sinto-me meio perdida, a naufragar em terra... talvez, por isso, me pus a ouvir esta música... ou não. mas ela estava a soar repetidamente aos meus ouvidos sem que estivesse realmente a tocar... daí que ela tivesse de vir parar aqui...]


'Encosta-te a mim'
Jorge Palma

Encosta-te a mim
nós já vivemos cem mil anos
Encontas-te a mim
talvez eu esteja a exagerar
Encosta-te a mim
dá cabo dos teus desenganos
não queiras ver quem eu não sou
deixa-me chegar
chegado da guerra
fiz tudo p'ra sobreviver
em nome da terra
no fundo p'ra te merecer
recebe-me bem
não desencantes os meus passos
faz de mim o teu herói
não quero adormecer
tudo o que eu vi estou a partilhar contigo
o que não vivi hei-de inventar contigo
sei que não sei às vezes entender o teu olhar
mas quero-te bem
Encosta-te a mim

Enconsta-te a mim
desatinamos tantas vezes
vizinha de mim
deixa ser meu o teu quintal
Recebe esta pomba
que não está armadilhada
foi comprada, foi roubada
seja como for...
Eu venho do nada
porque arrasei o que não quis
em nome da estrada
onde só quero ser feliz
Enrosca-te a mim
vai desarmar a flor queimada
vai beijar o homem bomba
quero adormecer
tudo o que eu vi estou a partilhar contigo
e o que não vivi um dia hei-de inventar contigo
sei que não sei às vezes entender o teu olhar
mas quero-te bem
Encosta-te a mim
Encosta-te a mim
quero-te bem
Encosta-te a mim...

2 comentários:

Rita disse...

Podes sempre encostar-te a ti mesma, às cores que tens dentro de ti prontas para explodir dos tubos e manchar de tons vivos e quentes o teu interior.E sorrires, por ainda acreditares... é já tão raro... mesmo que doa, mesmo que seja apenas uma réstia de luz sonhada...é bom saber-nos capazes de sonhar e acreditar,significa ter fé e isso é um bálsamo que aquece... Enconsta-te a ti...

Miguel disse...

Gosto particularmente da música... Não me farto de a ouvir...